Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Jovens e adultos podem se inscrever no Encceja até o dia 31

Publicado: Quinta, 23 de Maio de 2019, 12h14

Exame Nacional para Certificação está marcado para o dia 25 de agosto deste ano e o Ifap é uma das instituições que emitirão certificado de ensino médio aos aprovados

Foto meramente ilustrativa de mulher adulta fazendo prova de múltipla escolha. Foto: Suely Leitão (Deice/Ifap)

Imagem para fins ilustrativos de mulher adulta não identificada fazendo prova no Ifap. Foto: Suely Leitão (Deice/Ifap)

Estão abertas até o dia 31 deste mês as inscrições ao Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja), destinado a jovens e adultos que não concluíram o ensino fundamental ou ensino médio na idade adequada. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas na página de internet do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), onde também é possível aos candidatos obter mais informações e orientações de estudo. Na inscrição, os candidatos devem indicar o município onde desejam realizar o exame e a instituição onde irão solicitar o certificado. O exame está marcado para o dia 25 de agosto deste ano. Para acessar a página do Inep/Encceja, clique aqui.

 

O Encceja é realizado pelo Inep, mas a emissão do certificado e declaração de proficiência é responsabilidade das Secretarias Estaduais de Educação e Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia. O Instituto Federal do Amapá (Ifap), através dos campi Laranjal do Jari e Macapá, é uma das instituições certificadoras do ensino médio. Portanto, após a realização da prova e a publicação do resultado final, os candidatos podem procurar, pessoalmente, o Ifap para solicitar o certificado.

 

Em dois anos de certificação, mais de 300 candidatos já tiveram o certificado de ensino médio emitido pelo Ifap. “Além de contribuir com a elevação do nível do escolaridade no estado, também viabiliza a certificação para jovens e adultos que por diversas razões não puderam concluir o ensino médio na idade regular. O Ifap se reafirma como parceiro dessa certificação, por acreditar, em especial, na transformação social através da educação. Muitos desses candidatos ingressam como alunos do superior no Ifap”, afirmou o pró-reitor de Ensino, Romaro Silva.

 

A fim de atender a população que tem dificuldades com o manuseio de computadores e de acesso à internet, o Ifap também disponibiliza atendimento em todas as suas unidades, para auxiliar gratuitamente os interessados em realizar a inscrição no Encceja. “Os candidatos poderão procurar nossas unidades na Reitoria, na Pró-Reitoria de Ensino (Proen), e nas Diretorias de Ensino nas demais unidades”, informou Romaro Silva.

 

Provas

 

O exame será constituído de quatro provas objetivas, por nível de ensino, contendo cada uma 30 questões de múltipla escolha e uma proposta de redação. Para quem busca certificação no ensino fundamental, as provas objetivas avaliarão as seguintes áreas com seus respectivos componentes curriculares no nível correspondente; Prova I: Ciências Naturais (Ciências); Prova II: Matemática (Matemática); Prova III: Língua Portuguesa, Língua Estrangeira Moderna, Artes, Educação Física e Redação (Língua Portuguesa com redação, Inglês, Espanhol, Artes e Educação Física); e Prova IV: História e Geografia (História, Geografia, Filosofia e Sociologia).

 

As quatro provas objetivas do ensino médio serão das seguintes áreas com seus respectivos componentes curriculares no nível correspondente: Prova I: Ciências da Natureza e suas Tecnologias (Química, Física e Biologia); Prova II: Matemática e suas Tecnologias (Matemática); Prova III: Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e Redação (Língua Portuguesa com redação, Inglês, Espanhol, Artes e Educação Física); e Prova IV: Ciências Humanas e suas Tecnologias (História, Geografia, Filosofia e Sociologia).

 

A participação no Encceja Nacional 2019 é voluntária, gratuita e destinada a jovens e adultos que não tiveram oportunidade de concluir seus estudos na idade apropriada para cada nível de ensino: no mínimo, 15 (quinze) anos completos para o ensino fundamental, e, no mínimo, 18 (dezoito) anos completos para o ensino médio, na data de realização do exame, conforme estabelecem o § 1º e § 2º do art. 38, da Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. A emancipação legal não altera a idade mínima para a inscrição do participante no Encceja Nacional 2019, conforme estabelece o parágrafo único do art. 6º da Resolução CNE/CEB nº 3, de 15 de junho.

 

Por Suely Leitão, jornalista da Reitoria

 

Departamento de Informação, Comunicação e Eventos – Deice

Instituto Federal do Amapá (Ifap)

E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Twitter: @ifap_oficial

Facebook:/institutofederaldoamapa

registrado em:
Fim do conteúdo da página