Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Capes aprova Ifap em programas de formação de professores de 2020

Publicado: Segunda, 25 de Maio de 2020, 13h11 | Última atualização em Segunda, 25 de Maio de 2020, 16h59

 

Estudantes do Campus Macapá Fabíola Damasceno (esquerda) e Ingredy Marques, bolsistas do Pibid, apresentando o pôster com o resultado de seu projeto

O Instituto Federal do Amapá (Ifap) foi aprovado em edital da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Ensino Superior (Capes) para integrar duas ações da Política Nacional de Formação de Professores: o Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid) e o Programa Residência Pedagógica (RP).

Ao todo, a Capes investirá R$ 325 milhões nesses dois programas em  2020. Esse orçamento será dividido entre 267 Instituições de Ensino Superior (IES) selecionadas pelo edital de janeiro deste ano. Essas, por sua vez, contemplarão cada aluno selecionado com uma bolsa de R$ 400 por mês durante 18 meses.

 O objetivo dos programas é elevar a qualidade do ensino das escolas públicas por meio da melhoria da formação de professores nos cursos de licenciatura do país. Mais de 60 mil futuros docentes serão contemplados, em todo o Brasil, com bolsas para que possam ter melhores condições de realizar seu contato efetivo com as práticas docentes nas escolas públicas brasileiras nas áreas prioritárias: Alfabetização, Biologia, Ciências, Física, Língua Portuguesa, Matemática e Química.

A estudante do curso de Licenciatura em Matemática do Campus Macapá Fabíola Damasceno relata: "ter sido bolsista do Pibid durante 18 meses me incentivou bastante em minha carreira acadêmica. Durante essa experiência, pude realizar estudos mais amplos sobre interdisciplinariedade e participei de experiências metodológicas de caráter inovador. Com isso, pude estabelecer novos horizontes sobre minha visão de educação no âmbito escolar da rede pública".

A formação de professores é uma das missões dos Institutos Federais (IFs). O Ifap destaca-se na Rede Federal por ser um dos IFs que apresenta melhores indicadores quanto a esse objetivo. O Ifap pretende, até 2023, ter 20% de suas vagas de ensino superior dedicadas a cursos de licenciatura.

De acordo com a reitora do Ifap, Marialva Almeida, “este é o segundo ano consecutivo que o Ifap é contemplado com esses dois programas da Capes. Isso reflete o nosso empenho em proporcionar o máximo de possibilidades para nossos estudantes. A formação de professores é uma tarefa estratégica para o Brasil. Por isso, em 2019, nós realizamos um edital com nossos próprios recursos para estimular práticas pedagógicas inovadoras. A notícia de mais essa aprovação junto à Capes muito nos orgulha, pois sabemos que os investimentos na formação de professores e no suporte às nossas escolas públicas terão continuidade e isso é fundamental quando falamos de políticas públicas”. 

 

Departamento de Informação, Comunicação e Eventos - Deice
Instituto Federal do Amapá (Ifap)
E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
Twitter: @ifap_oficial
Facebook:/institutofederaldoamapa

registrado em:
Fim do conteúdo da página